Denuncie esta foto
familiacamar...
Goiânia - GO
 

Zezé Di Camargo ''Aqui é o meu pedacinho de céu''

Zezé Di Camargo ''Aqui é o meu pedacinho de céu''
Sertanejo abre para Contigo! a porteira de sua fazenda no interior de Goiás, à beira do rio Araguaia. É ali que ele descansa, volta às origens e curte os velhos amigos

O dia começa tarde na fazenda de Zezé Di Camargo , 45 anos, em Araguapaz, a 300 quilômetros de Goiânia. Ali, à beira do Araguaia, o cantor se dá ao luxo de esquecer o relógio. "Este é meu recanto favorito no mundo. É o meu pedacinho de céu. Até quando estou no exterior, penso que daria tudo para estar aqui", diz, ainda exibindo no rosto os traços de quem acabou de acordar.

São 13h. A longa noite anterior só terminou pouco antes de raiar o dia. "A roda de viola foi até as 5h", conta o compositor. O tal "pedacinho de céu" é a fazenda É o Amor (batizada com o nome do sucesso da dupla que Zezé tem com o irmão
Luciano ). Ao todo são 300 alqueires (14,5 km2). Nos raros momentos de descanso, é para lá que ele corre.

Zezé se aproxima da mesa posta para o café da manhã, com 16 lugares, repleta de delícias: pães, biscoitos de nata feitos na hora, frios, sucos, café, cereais e leite. "Adoro juntar os meus amigos aqui. São pessoas da minha origem, que cresceram como eu cresci, no mesmo meio", afirma. Aos poucos, a mesa vai enchendo, com amigos e familiares.

Conversa fiada
Depois do café tardio, o músico segue para a varanda e começa a contar piadas. Vai logo avisando que o dia é movimentado.

"Aqui tem muita coisa para se fazer. Podemos caminhar, ir ao lago, andar de jet ski, jogar futebol ou fazer churrasco. Mas acho que a violinha, a reunião com os amigos, contar piadas e jogar conversa fora ainda é meu passatempo predileto", destaca sorrindo. O calor está forte. E essa é uma das coisas que mais incomoda o cantor. Ele, porém, se recusa a ficar sob o ar condicionado dentro de casa. Depois de se divertir com os amigos na varanda, o sertanejo aparece de sunga, pronto para cair na piscina.

"Quando estou aqui, eu tomo uns quatro banhos", avisa. Da piscina, ele segue para o lago artificial que construiu próximo à sua casa e anda de jet ski. E aproveita para falar dos próximos projetos. "Quero construir uns dez chalés em volta do lago, pois este ano vou fazer um leilão e preciso de mais espaço para hospedar os convidados", diz Zezé. A fazenda tem 22 quartos. Mas nem sempre o espaço é suficiente.

"Quando fiz a fazenda, em 1995, já inaugurei com muita gente. Às vezes, reunimos 60 pessoas. Não gosto de solidão, Deus me livre!" Apesar de saber de tudo o que acontece ali, o tempo é curto para Zezé acompanhar de perto a rotina dos funcionários. Então, quando está na É o Amor, não perde a chance de circular pelos pastos a cavalo. "Eu tenho pessoas que cuidam da parte operacional. Até pego o cavalo e saio pelo pasto para ver o gado junto com os peões. Gosto de conversar com eles, de ir à baia. Mas não gosto de ser tratado como fazendeiro. Quando venho aqui, eu curto o lado gostoso da fazenda."

São pouco mais de 15h quando a mulher do cantor,
Zilú , 45, começa a chamar os convidados para almoçar. O papo está tão animado que os amigos de Zezé não levam muito a sério. Ela acha graça e ameaça: "A cozinheira está dizendo que vai tirar a mesa e não vai servir mais ninguém". Basta mais um chamado e todos seguem para a copa.

Cochilo e piscina
O músico não resiste e, depois de almoçar, tira um cochilo no sofá da sala. O silêncio toma conta da casa. O sol está mais baixo e as mulheres se divertem com as crianças na piscina. Ao acordar, Zezé segue para mais um banho. Volta usando roupa típica de fazendeiro: calça jeans, blusa de botão, chapéu e sapato fechado.

Antes de escurecer, ele monta no cavalo Point Star, da raça quarto-de-milha, para cavalgar pelo pasto e ver de perto o gado. "Aqui é uma fazenda de produção, crio gado de elite, o PO ( Pura Origem ). Não é para corte, mas, sim, para apurar os valores genéticos ( o gado que ele cria na fazenda é da raça nelore ). Fazemos transferência de embrião, temos um especialista em tratamento de gado e um laboratório", explica. "Se for muito bem feito, é um mercado lucrativo. Para quem gosta, uma paixão."

Sem medo de engordar
Vaidoso assumido, o sertanejo confessa que relaxa um pouco dos cuidados quando passa dias no campo. "Meu biótipo ajuda muito, eu tenho dificuldade para engordar. Perco peso fácil e engordo com dificuldade. Acho que puxei a meu pai, Francisco. Ele está com 70 anos e é magrinho." Realmente fica difícil ser disciplinado na fazenda diante de tantos pratos saborosos. "Apesar de trazermos a nossa cozinheira de São Paulo, acho que até ela muda a mão aqui.

Às vezes, fazemos pamonhada, que é uma comida bem tradicional. A gente come a salgada, com lingüiça e queijo, e depois comemos a doce de sobremesa ( risos ). É uma delícia. A culinária goiana é muito boa."

A preocupação com a boa forma não se limita às aulas de ginástica e aos cuidados com a alimentação. Zezé admite que já recorreu a uma lipoaspiração e já usou botox. Mas garante que só uma vez. "Nunca fiz plástica no rosto. Acho que não precisei ainda. Há uns três anos fiz uma lipoaspiração. Estava com uns pneuzinhos na lateral. Então tirei", explica. "E usei botox uma vez, na testa, porque eu tinha o hábito de franzi-la. Minha dermatologista sugeriu que eu colocasse botox, pois eu não ia conseguir franzir a testa durante um pe-ríodo e ia perder o hábito. Fiz e, como perdi a mania, não precisei usar mais. Mas no dia que eu precisar vou fazer."

Para manter a forma, ele malha pelo menos quatro vezes por semana. "Eu não tenho preguiça para malhar. Se botar um espelho na minha frente, narcisista como eu sou...", diverte-se. Os cuidados são, em parte, motivados pela legião de fãs. "As mulheres vêm pra cima mesmo, mas eu adoro isso, não quero que acabe. É o combustível para a carreira, ver essa libido acesa nas pessoas. Vem uma mulher bonita... deixa o seu ego elevado, estimula", afirma ele, garantindo que conta com o apoio da mulher. "Zilú é a primeira a dizer quando estou barrigudinho. Ela também se cuida muito e quer me ver bem. Isso é muito bom para o casamento. Acho importante."

Veja na galeria da Revista Contigo mais fotos exclusivas na Fazenda no link abaixo:

http://contigo.abril.com.br/abt/galeriadefotos/?266970

 

Somente o dono deste Vibe pode ler os comentários